Viver bilíngue, viver IENH

A IENH é pioneira na região com a oferta do Currículo Bilíngue
Compartilhe:
WhatsApp

O mundo mudou muito nos últimos anos e a escola preparada para o século XXI precisa auxiliar na formação de um sujeito mais competente para as demandas do mercado e da vida; um cidadão que possa entender e se adaptar à complexidade deste mundo plural e em constante transformação, para comunicar-se de forma global e interagir na multiplicidade de cenários com os quais venha a se deparar.

 A IENH, sempre atenta aos novos cenários, foi se adaptando a essas mudanças sem perder sua essência, que é embasada nos valores e nas vivências cristãs, com ênfase na liderança, no empreendedorismo e na responsabilidade socioambiental. Por ser uma instituição que tem em seu DNA o pioneirismo e a inovação, em 2005 iniciamos um projeto muito arrojado para o Vale do Sinos: nos tornamos a primeira escola bilíngue português-inglês da região.

Tudo começou em 2003, quando a direção da Unidade Oswaldo Cruz começou a esboçar um projeto que seria hoje o carro-chefe de toda a Instituição. A partir da realização de uma pesquisa, a IENH descobriu que um currículo bilíngue seria uma proposta muito interessante para a região do Vale do Sinos. A partir daí a equipe diretiva manteve reuniões sistemáticas e muitas horas de estudo para montar uma proposta diferenciada em Educação Bilíngue. Era preciso revisar o currículo que tínhamos e incluir um currículo em inglês qualificado e alinhado à proposta pedagógica da IENH.

Com isso, em 2005 teve início o Currículo Bilíngue da IENH com duas turmas bilíngues na educação infantil e duas turmas no 1º ano do ensino fundamental, na Unidade Oswaldo Cruz.  Além dessas turmas, também oferecemos, no mesmo ano, um projeto chamado Grupo de estudos bilíngues (GEB) para alunos do 2º ano.

No segundo ano de implementação, ampliamos de 4 para 8 turmas. No terceiro ano existiam 13 turmas bilíngues e no quarto ano a Unidade Oswaldo Cruz já era praticamente toda bilíngue. Com o passar dos anos, as Unidades Pindorama e Fundação Evangélica tornaram-se escolas bilíngues também.

Hoje, 15 anos depois, a IENH tem muito orgulho do Currículo Bilíngue que oferece para a comunidade escolar. A proposta já passou por reformulações nestes anos de história, sempre visando oferecer a melhor formação para os estudantes. Tenho convicção de que nossos alunos têm a oportunidade de se desenvolverem de forma integral e multiconectada, tornando-se cidadãos responsáveis, capazes de atuar em diferentes contextos culturais e mais preparados para os desafios da atualidade.

Finalizo afirmando que aquele projeto arrojado, que foi sonhado e muito bem planejado, transformou-se em um currículo qualificado, tornando-se um currículo bilíngue de referência para escolas de todo o Rio Grande do Sul.  Além disso, a IENH também é a primeira Cambridge International School do Rio Grande do Sul e isso é fruto de muito trabalho e contínuo aprimoramento por parte da equipe e dos professores, mas principalmente, é resultado do desejo da Instituição de intensificar as experiências de vida dos seus alunos, fazendo-os viver uma atmosfera bilíngue dentro e fora da IENH.